Artigos

FeedBack – Fundamental para o desenvolvimento das equipas

Sempre em busca do crescimento as empresas investem cada dia mais na comunicação. Procurar ouvir e conversar com os colaboradores é essencial para entender o funcionamento dos negócios e ajudar as equipes na gestão de crises.
Considerada como uma das ferramentas fundamentais das relações nas organizações, o feedback é essencial para o desenvolvimento de equipes e é a principal forma de alinhar o trabalho do profissional com o que de fato a organização espera.
O papel do feedback é aprimorar o trabalho de colaboradores, através da busca de aperfeiçoamento, pois é um importante recurso que permite que a pessoa perceba como está sua conduta profissional, onde está acertando e quais os pontos onde deve melhorar.

Podemos citar três tipos de feedback:

1- Feedback Construtivo: consiste na informação dada sobre o comportamento de um profissional acompanhada de uma sugestão de melhoria.
2- Feedback Positivo: é dada a informação que o comportamento do profissional fez com que ele alcançasse os objetivos propostos com assertividade, propondo a prosseguir;
3- Feedback Negativo: é utilizado quando o profissional não atingiu os resultados esperados e encorajando-o a mudança.
Proporcionar esse tipo de comunicação gera mais confiança e dedicação no trabalho por parte de líderes, gestores e colaboradores. Criando um ambiente aberto a comunicação e consequentemente melhoria nos relacionamentos e engajamentos.

Alguns pontos são essenciais para um feedback efetivo:

– Escolha um ambiente onde o profissional se sinta a vontade, mais descontraído, evite o clima de tensão.
– Reflita sobre o que pretende falar e faça um balanço dos pontos positivos e negativos.
– Primeiramente exponha os aspectos positivos, em seguida os pontos a ser melhorado e por ultimo encoraje-o a mudança.
– Dê oportunidades para que o profissional também possa falar, escute com atenção.
– Seja claro e objetivo.
– Esteja sempre preocupado em motivar o colaborador e reforce as mudanças desejadas.

Fonte: IB Coaching

Publicado na categoria: Artigos Tags , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *