Artigos

Coaching executivo terá demanda dobrada em 2013

Segundo uma pesquisa publicada em janeiro pela Você S/A, feita com 14 grandes empresas de recrutamento, a busca por gerentes, diretores, vice-presidentes e presidentes deverá crescer de 5 a 10% em 2013. As empresas têm percebido a necessidade de investir em seu bem maior, o capital humano, para impulsionar resultados. Uma das formas mais difundidas atualmente para gerar tal impacto tem sido a contratação de processos de coaching executivo. Só na Elevartis, empresa especializada na área, houve um crescimento de 120% na demanda de 2011 para 2012, e a expectativa do presidente da empresa e Coach, Guilherme Rego, é superar este crescimento em 2013.

Coaching auxilia na recolocação

No caso de vagas para a camada de liderança, o coaching pode ajudar como ferramenta auxiliadora na recolocação de um profissional de dentro da empresa. “Por exemplo, uma companhia possui um excelente analista sênior e, seguindo seu plano de carreira, o próximo passo é uma promoção a uma posição de gerência. A empresa tem a vaga e promove o analista, além disso, contrata um serviço de coaching para o desenvolvimento de habilidades relacionadas à liderança de equipes”, explica o coach e presidente da Elevartis, Guilherme Rego.

Os departamentos de RH estão sendo cada vez mais exigidos a contribuírem como parceiros de negócio que agregam valor nos resultados da empresa, e não somente como um departamento de pessoal e treinamento. Como é crescente o número de estatísticas e estudos que comprovam que o coaching, quando conduzido por empresas e profissionais sérios e competentes, traz um retorno de até seis vezes o valor investido em dois anos, a procura pelo processo tem aumentado.

Efeito multiplicador

O impacto gerado pelo coaching na esfera empresarial tem início nos cargos mais elevados como líderes, gestores, diretores e presidentes, e é possível que a ação promova um impacto positivo generalizado através do efeito multiplicador em outras escalas e setores da organização. “Quando um profissional passa por um bom processo de coaching executivo, ele muda bastante. E essa mudança é notada em toda a empresa e isso também vai fortalecendo os benefícios que o coaching traz para a empresa e os colaboradores”, aponta Guilherme Rego.

Autor: Guilherme Lang Dias Rego

Fonte: Incorporativa

Publicado na categoria: Artigos Tags , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *